terça-feira, 6 de outubro de 2009

Chove...



Chove lá fora, nessa chuva não há demora,
E o sol em mim a brilhar a todo o momento,
Chuva refresca e conta a mais bela história,
Dos ciclos da vida desde que há memória.

Reparem na sua bela melodia, forte e macia,
Suaviza-me, cai na minha pele que amacia,
Chegou e voltará novo, mostra-se num todo,
Assim como seu oposto, seu amigo, o fogo.

As gotas são pequenas mensagens do céu,
Gotas caídas das nuvens, dos livros de deus
São lidas e rescritas em poemas teus e meus,
Deixa as gotas te alcançar, tira esse chapéu...


(Desconheço a autoria)



14 comentários:

Andreia disse...

Olá querida! Saudades.
Lindo e terno poema!
Passando para desejar-te uma linda semana.
Doce beijo para ti...

ellen disse...

Pois é... estamos a entrar mais no Inverno do que Outono ;(

Beijinho

José disse...

Olá querida amiga,

Obrigada pela o seu comentário,e pelas palavras bonitas que lá deixou,

As chuvas de Outono
no chão caíndo
e mais um ano
que aí vem vindo.

resto de uma boa semana

um beijinho, José

"re" disse...

Ouço a chuva que cai do céu
numa melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?
Ainda bem que chove.

Besos

Isa disse...

Bom Dia.
Esta noite acordei com a trovoada e a
chuva...
Meu rico solinho...
Beijo.
isa.

Alvaro Oliveira disse...

Olá amiga SONHADORA

Me desculpe a ausência, devida a problemas de visão que me impedem
de ser frequente como era antes.
Embora com alguma dificuldade na
leitura de seu poema, deu para
entender quanta beleza existe
nestes lindos versos.

Beijinhos

Alvaro

FOTOS-SUSY disse...

OLA AMIGA, BELISSIMO POEMA...QUE TENHAS UM RESTO DE SEMANA FELIZ!!!
BEIJOS DE CARINHO,



SUSY

Simone disse...

Oiii
Linda poesia!!

Filosofia e Poesia
são dois braços
de um mesmo dorso
esticados no esforço
de tocar
além do tempo.

bjos ^.^

Sandra disse...

Ola minha querida e fofa amiga.
Quanto tempo sem vim no blog. o seu contrato já andou muito.
Aqui não está chovendo mais está frio.
A chuva deu uma trégua.
Já escrevi um poema que fala da chuva lá fora.
Esta no Sinal de Liberdade. Nos arquivos.
Fique com Deus minha doce e eterna amiga JÔ.
Sandra

Jacarée disse...

Sonh@dor@50

Chuva de sonhos
Da chuva me encharquei.
Atráz da chuva vem as nuvéns
que pintam o céu de azul e branco
O tempo foge enquanto a chuva fina molha a terra
A chuva incessante, cai lá fora
Se é chuva húmida ou própia dor.

Deixo:Borrifos de sonhos
Bjs.

MEUS PENSAMENTOS disse...

ADORO CHUVA LINDO POEMA SONH@DOR@,SAUDADES!!!

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

oii to passandu no seu blog linduu aki depois passa la no meu aa vo te seguir ta bjs..

FOTOS-SUSY disse...

OLA SONHADORA, PASSEI PARA TE DESEJAR UM OPTIMO FIM DE SEMANA, FICA BEM AMIGA!!!
BEIJOS DE CARINHO,



SUSY

Lilá(s) disse...

Olá
Para contrariar agora faz sol, calor...terá sido da poesia?
Bjs